Fundo de Ajuda Misericórdia cumpre dez anos

Desde o início de 2005, o Fundo de Ajuda Misericórdia dedica-se a apoiar
as obras da Igreja, por todo o Brasil. Mais de 300 instituições
já foram beneficiadas.

Conhecendo as dificuldades pelas quais passam tantas vezes as obras da Igreja, o fundador dos Arautos, Mons. João Scognamiglio Clá Dias, decidiu instituir um setor especificamente dedicado a obter recursos para elas.

Diante de um irmão em Cristo carente, impossível é não se lembrar destas palavras de Nosso Senhor: “Tive fome e Me destes de comer. Tive sede e Me destes de beber. Era peregrino e Me acolhestes. Estive nu e Me vestistes, enfermo e Me visitastes, preso e viestes ver-Me. [...] Em verdade vos digo: cada vez que o fizestes a um desses meus irmãos mais pequeninos, foi a Mim que o fizestes” (Mt 25, 35?36.40).

É com este espírito de amor fraterno em Cristo Nosso Senhor que os Arautos trabalham, através do Fundo de Ajuda Misericórdia, para atender as necessidades materiais dos evangelizadores. Faz parte de seu regulamento a anuência do Bispo da diocese onde se encontra a instituição a ser beneficiada.

Como símbolo da nova iniciativa,não havia melhor do que o pelicano. Segundo uma multissecular tradição, essa ave é uma boa figura de Jesus, porque quando seus filhotes ficam sem alimento, ela lhes dá de comer da própria carne.

Generosos doadores

Nos quase dez anos transcorridos desde o início do Fundo Misericórdia, os pedidos de doações têm sido os mais variados. E alguns deles, surpreendentes. Dignas de nota também são as manifestações de generosidade de inúmeros benfeitores. O dono de uma loja de instrumentos musicais na cidade de Presidente Prudente (SP) doou os instrumentos solicitados para a catequese no Amazonas. E uma senhora da capital paulista ofereceu espontaneamente sua valiosa colaboração: “Tomei conhecimento do trabalho feito pelos Arautos do Evangelho, Fundo de Ajuda Misericórdia, através do boletim que vocês publicam. Vi o trabalho que é feito com as crianças. Eu confecciono roupa infantil de crochê e gostaria de colaborar com o projeto, doando roupas para as crianças carentes”. Muitas outras repercussões como essas atestam a disposição dos autênticos brasileiros para cooperar com as boas obras.

Um pedido simbólico

No final do ano de 2009, a Ir. Tarcísia, missionária da Associação das Filhas de Nossa Senhora do Monte Calvário, enviou uma carta solicitando “auxílio para a construção de uma capela na aldeia do Bugigão, dos índios pataxós, no Monte Pascoal”. Aquela comunidade indígena desejava construir uma capela dedicada à Padroeira do Brasil. O pedido vinha referendado por Dom José Edson Santana Oliveira, Bispo de Eunápolis (BA) e Presidente da Pastoral dos Nômades do Brasil. Nada mais louvável, portanto. No dia da entrega da ajuda na aldeia do Bugigão, a Ir. Tarcísia reuniu os indígenas numa tenda onde um sacerdote arauto celebrou a Santa Missa e distribuiu postais de Nossa Senhora, terços e medalhas para todos os membros da comunidade, pois todos são católicos. No final, implantou um Oratório do Imaculado Coração de Maria para percorrer mensalmente os lares da aldeia. Deixou também um míni oratório para circular entre as crianças. A pedido das irmãs, os arautos aproveitaram a viagem de volta para visitar outras aldeias: Mãe de Barra Velha, Pará, Boca da Mata.

Montes Claros (MG) - Arautos do Evangelho.jpg Valparaíso de Goiás (GO) - Arautos do Evangelho.jpg
Montes Claros (MG)  Valparaíso de Goiás (GO)
Recife (PE) - Arautos do Evangelho.jpg São Paulo (SP) - Arautos do Evangelho.jpg
Recife (PE)  São Paulo (SP)
Tijucas (SC) - Arautos do Evangelho.jpg São Gonçalo (RJ) - Arautos do Evangelho.jpg
Tijuca (SC)  São Gonçalo (RJ)
Vargem Grande (MA) - Arautos do Evangelho.jpg Ubatuba (SP) - Arautos do Evangelho.jpg
Vargem Grande (MA)  Ubatuba (SP)

Atividades recentesNos últimos meses, o coordenador do Fundo de Ajuda Misericórdia, Pe. Aumir Scomparin, EP, tem feito entrega de
doações em numerosas comunidades, entre as quais o Centro Social da Paróquia Nossa Senhora da Consolação, em Montes Claros (MG); a
Comunidade Católica Azinheiras da Justiça, em Valparaíso de Goiás, que acolhe crianças carentes; a Creche Beneficente Menino Jesus,
em Recife; o Recanto Nossa Senhora de Lourdes, em São Paulo, que cuida de pessoas excepcionais; o Lar Santa Maria
da Paz, em Tijucas (SC); o Hospital Franciscano Nossa Senhora das Graças, em São Gonçalo (RJ); o Cotolengo de
Curitiba; o Instituto Farina do Brasil, em Vargem Grande (MA) e a Paróquia Nossa Senhora das Graças,
de Ubatuba (SP).

Algum tempo depois a Ir. Tarcísia enviou esta expressiva carta de agradecimento: “É com grande alegria que lhe escrevo para agradecer e apresentar a igrejinha de Nossa Senhora Aparecida na aldeia do Bugigão, construída com o apoio do Fundo Misericórdia dos Arautos do Evangelho [...]. A comunidade está muito feliz por ter agora um lugar próprio e digno para juntos rezarmos e louvarmos o Deus da vida. Estamos muito contentes por podermos celebrar a próxima festa da padroeira, Nossa Senhora Aparecida, em local apropriado. [...] Pedimos ao Senhor Nosso Deus que cubra de bênçãos os Arautos do Evangelho e seus colaboradores, para que continuem ajudando os irmãos menos favorecidos. Ir. Maria Tarcísia Figueiredo, FNSMC”. 

Mais de trezentas obras beneficiadas

Um caso especialmente tocante é o de uma mãe residente em São Roque (SP). Vendo seu filho entrar no caminho da dependência química, empenhou-se ela em adaptar uma chácara para tratar de pessoas nessa situação. E conseguiu recuperar o filho. Nesse contexto, ela procurou os Arautos do Evangelho, solicitando ajuda para construir um alojamento destinado a acolher dependentes químicos.

No dia da entrega da doação à Comunidade Terapêutica Maanaim de São Roque, foi celebrada uma solene Missa, a pedido de seus dirigentes. Um deles relatou depois que recebeu mensagens de congratulações de pessoas de diversas partes do Brasil, as quais viram na TV Arautos a entrevista com os dependentes. Um empresário de Santo André (SP) declarou: “Sou doador dos Arautos. Fico contente de ver que eles ajudam obras como essa. Parabenizo o senhor por essa iniciativa tão útil para a sociedade de hoje”.

Ichu (BA) - Arautos do Evangelho.jpg Barreirinha (AM) - Arautos do Evangelho.jpg
Ichu (BA)  Barreirinha (AM)
São Paulo de Olivença (AM) - Arautos do Evangelho.jpg Santana do Araugaia (PA) - Arautos do Evangelho.jpg
São Paulo de Olivença (AM)  Santana do Araugaia (PA)

Comunidades distantes – As comunidades rurais mais distantes de São Paulo procuram ser especialmente beneficiadas pelo fundo Misericórdia. Nas fotos,
entrega de um micro-ônibus para a APAE de Ichu (BA); distribuição de cestas básicas em Barreirinha (AM); entrega de um motor de barco
em São Paulo de Olivença (AM); e visita às capelas que estão sendo construídas pela Paróquia Sagrado Coração de Jesus em Santana do Araguaia (PA).


Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.